sexta-feira, 6 de maio de 2011

Dia das Mães - Parto normal ou cesariana?

Em homenagem ao Dia das Mães, o blog do Help Saúde vai discutir um assunto que sempre esteve em pauta quando o assunto é maternidade: parto normal ou cesariana?

Para entender melhor essa questão é preciso lembrar que antigamente todas as futuras mamães de primeira ou segunda viagem realizavam o parto normal, porém ao longo dos anos, também com uma forte influência da cultura e com o avanço tecnológico muitas delas optavam pelo parto com interferência cirúrgica. Hoje em dia em algumas regiões do Brasil cerca de 80% dos partos são cesarianas. Um dado alarmante segundo muitos obstetras. Mas mesmo com tantas vantagens como facilitador de um diagnóstico tão acurado das condições da criança no útero é possível até mesmo curar certas doenças fetais, o parto normal ainda é muito desejado se tornando um sonho para muitas mulheres. Vejamos então uma lista dos prós e contras de cada técnica:


Parto normal

Prós

  • A recuperação é mais rápida
  • Não há dor pós-parto
  • A rapidez na recuperação deixa a mãe mais tranqüila o que favorece na lactação
  • A alta é mais rápida, o que possibilita a mãe a retomar as suas atividades normais
  • A maioria das mulheres é capaz de ter, sem contra-indicações
  • Tem menos complicações, ou seja, dá menos infecções e necessita de menor intervenção do médico.
  • O útero volta mais rápido ao tamanho normal, evitando hemorragias.
  • O relaxamento da musculatura pélvica não altera em nada o desempenho sexual

Contras

  • Muitas mulheres exclamam da intensa dor na hora do nascimento
  • A falta de praticidade, pois não existe hora marcada para o bebê nascer nesse caso
  • Não é indicado quando bebê está em posição pélvica, conhecida popularmente como "bebê sentado”, desproporção entre o tamanho da bacia da mãe e o tamanho do feto, alguns casos de má formação do feto, quando a saúde da mulher estiver comprometida ou infecções genitais como herpes e condiloma.

Parto Cesariana

Prós

  • O parto é menos demorado
  • Há menos dor ou quase nenhuma

Contras

  • A recuperação é demorada
  • A recuperação lenta atrasa um pouco a lactação
  • Os pontos não caem sozinhos tendo que ser removidos no consultório de um ginecologista
  • Qualquer operação cirúrgica pode trazer complicações à saúde, o que pode prejudicar a disposição sexual



Fonte: Editoria Help Saúde


Temas relacionados no Help Saúde: Ginecologista, Obstetra

Quer fazer parte do nosso blog? Envie um artigo para artigos@helpsaude.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário