terça-feira, 1 de novembro de 2011

Endometriose

O que é endometriose?

Doença que ocorre em mulheres na idade reprodutiva, consiste em células endometriais localizadas fora do útero. O endométrio é a camada interna do útero, e é renovada todo mês pela menstruação. È uma ocorrência ginecológica comum, que atinge entre 10% a 15% das mulheres.

Como diagnosticar a endometriose?

O ginecologista irá suspeitar de endometriose quando a paciente apresentar infertilidade sem motivo. Através de exame físico é possível identificar a doença, pelo toque vaginal, onde irá procurar espessamento, podendo ser acompanhada de dor, e também nódulo. Exames de imagens, como ultrasonografia, ressonância magnética ou ecografia podem ser empregados no diagnóstico. Na maioria dos casos, a mulher pode sentir dores na região pélvica durante a cólica no período menstrual, podendo a dor ser crônica. Também são comuns sintomas como dor durante ou após o ato sexual, infertilidade, diarréias e sangramentos, e problemas urinários como urinar em excesso ou sangramento durante o ato.

Endometriose x fertilidade?

A endometriose causa em muitas mulheres problemas na ovulação ou até dificuldade para ovular, e quando ocorre, apresentam Insuficiência de Corpo Lúteo, que consiste na diminuição na secreção de progesterona, trazendo não só a dificuldade para que ocorra a gestação, como a manutenção da gravidez, se ocorrer.

Vivendo com endometriose

O tratamento é ministrado de acordo com a vontade da paciente em engravidar, intensidade dos sintomas, dimensão da área afetada, idade e resposta à medicação. Os tratamentos vão desde a administração de anti-concepcionais orais, aliados a antiinflamatórios não hormonais, até cirurgias para remoção das células endométricas. Injeções de hormônios ou anti-hormônios, implantes ou DIU com substâncias para inibir a mesntruação também podem ser empregados. Em casos mais graves pode ser necessária a remoção de partes de órgãos como útero, ovário, trompas ou pedaços do intestino, trazendo uma melhora significativa das dores e infertilidade. Independente do tratamento adotado, a endometriose quando tratada corretamente proporciona uma gravidez bem sucedida em mais da metade dos casos.

Fonte: Editoria HelpSaúde.
Quer fazer parte do nosso blog? Envie um artigo para artigos@helpsaude.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário