sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Gripe x Resfriado

Qual a diferença entre gripe e resfriado?

Resfriado: É uma infecção branda das vias aéreas, pode ser causada por diversos tipos de vírus, sendo o causador mais comum o Rinovírus. É muito contagioso. Sua transmissão ocorre por gotículas de saliva jogadas no ar pela tosse ou espirro do paciente infectado, ou através de contato físico, principalmente pelas mãos do paciente. Os sintomas aparecem em 48h após o contágio. Tem duração de 5 a 7 dias e a maioria das pessoas costuma apresentar entre 2 a 5 episódios da doença por ano.

Gripe: A gripe é provocada pelo vírus Influenza, e seus sintomas são mais extensos e variados. O paciente apresenta os sintomas de forma súbita, ao contrário do resfriado em que os sintomas surgem de forma gradual. Tosse e febre são os primeiro indicadores da doença. A transmissão é feita da mesma forma que o resfriado, e o tempo de duração da doença é de até 2 semanas. A gripe pode gerar um maior número de complicações, como pneumonia provocada pelo mesmo vírus (Influenza) ou por bactérias oportunistas.

Quais os sintomas?

Resfriado: Os sintomas mais comuns do resfriado são a rinite, tosse e espirros. O paciente pode apresentar breves episódios de dores na garganta. Pode ocorrer tosse seca, que dura por semanas mesmo após o fim do resfriado. Nos adultos é raro ocorrer febre. As complicações são raras, nos asmáticos pode ocorrer aumento das crises de asmas, nos demais casos, pode ocorrer infecção bacteriana.

Gripe: A gripe apresenta sintomas como febre alta, dores por todo o corpo, dor de cabeça, sensação de mal estar, dor de garganta e tosse. Calafrios, suor excessivo, nariz entupido e irritação na garganta também se manifestam.

Como se trata?

Resfriado: O tratamento consiste em combater o vírus causador da doença, e minimizar os sintomas da doença, fornecendo ao organismo do paciente as condições adequadas para que se recupere. Deve-se ingerir bastante líquido, como água e sucos. A hidratação é importante, agindo para evitar o ressecamento do nariz garganta e facilitando a eliminação de secreções contaminadas. O fumo deve ser evitado, pois potencializa a irritação da garganta e a tosse. Podem ser usados medicamentos para aliviar os sintomas da dor, porém sempre com indicação médica, pois o uso indevido de remédios pode provocar complicações.

Gripe: Existe vacina contra a gripe, e também medicamentos específicos para combater o vírus influenza. Estes devem ser utilizados em até 48h após o início da gripe. Crianças, idosos e pessoas com sistema imunológico comprometido devem receber tratamento específico. A gripe não é curada, mas reduz-se o seu tempo de duração. Recomenda-se repouso, evitar álcool e fumo, alimentar-se corretamente e repouso, além de consumir bastante líquidos.

Como se prevenir?

Resfriado: A higiene é muito importante para evitar o contágio do resfriado, portanto lavar sempre as mãos é um hábito importante na prevenção do resfriado. Sempre que possível, evitar contato íntimo com pacientes resfriados, e quando houver o contato, lavar as mãos imediatamente após. Evitar tocar os olhos e nariz, não compartilhar copos e talheres, e o paciente com resfriado deve evitar contato com outras pessoas nos 3 primeiros dias, que é a fase mais contagiosa da doença. Ao espirrar e tossir, é importante cobrir a boca e nariz, e lavar as mãos imediatamente.

Gripe: A melhor forma de prevenção contra a gripe atualmente é pela vacinação anual contra o Influenza, que deve ser feita antes do início do inverno, que é a época do ano com mais incidência dos casos. A vacina possui um índice de efetividade de 70% a 90% nos adultos jovens.

Fonte: Editoria HelpSaúde.
Quer fazer parte do nosso blog? Envie um artigo para artigos@helpsaude.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário