quinta-feira, 26 de abril de 2012

Semana Pan-Americana de Vacinação

A semana Pan-Americana de Vacinação deste ano vai do dia 21 a 28 de abril.  Essa é uma ação promovida pela Opas/OMS em parceria com ministérios da Saúde de países das três Américas e organismos internacionais.

Nela consiste uma programação intensa de imunizações contra doenças como sarampo, poliomielite e febre amarela na América do Sul, Central, do Norte e Caribe. No Brasil serão oferecidas diversas vacinas do calendário básico. 


Como todos nós já sabemos, é melhor prevenir do que remediar, certo? Então vamos aproveitar essa semana e colocar a carteira de vacinação em dia. Todos estão convidados, adultos e crianças.

Sobre as vacinas:

As vacinas provocam um estímulo à produção de anticorpos, assim esses anticorpos atuam na defesa do nosso organismo contra vírus e bactérias. Assim não protege somente quem está vacinado, mas também ajuda a comunidade como um todo. Quanto mais pessoas forem protegidas, menor será a chance de qualquer uma delas - vacinada ou não - ficar doente. Além disso, algumas doenças que são prevenidas por vacina podem ser erradicadas por completo.

No Brasil, o Ministério da Saúde oferece gratuitamente um grande número de vacinas pelo PNI (Programa Nacional de Imunizações) e algumas outras podem ser encontradas em clínicas particulares. 

Todos devem ficar atentos aos calendários básicos de vacinação.

Abaixo você pode ver o calendário básico de vacinação das crianças:




Orientações importantes para a vacinação da criança:
 (1) A primeira dose da vacina contra a hepatite B deve ser administrada na maternidade, nas primeiras 12 horas de vida do recém-nascido. O esquema básico se constitui de 03 (três) doses, com intervalos de 30 dias da primeira para a segunda dose e 180 dias da primeira para a terceira dose.
(2) O esquema de vacinação atual é feito aos 2, 4 e 6 meses de idade com a vacina Tetravalente e dois reforços com a Tríplice Bacteriana (DTP). O primeiro reforço aos 15 meses e o segundo entre 4 e 6 anos.
(3) É possível administar a primeira dose da Vacina Oral de Rotavírus Humano a partir de 1 mês e 15 dias a 3 meses e 7 dias de idade (6 a 14 semanas de vida).
(4) É possível administrar a segunda dose da Vacina Oral de Rotavírus Humano a partir de 3 meses e 7 dias a 5 meses e 15 dias de idade (14 a 24 semanas de vida). O intervalo mínimo preconizado entre a primeira e a segunda dose é de 4 semanas.
(5) A vacina contra febre amarela está indicada para crianças a partir dos 09 meses de idade, que residam ou que irão viajar para área endêmica (estados: AP, TO, MA MT, MS, RO, AC, RR, AM, PA, GO e DF), área de transição (alguns municípios dos estados: PI, BA, MG, SP, PR, SC e RS) e área de risco potencial (alguns municípios dos estados BA, ES e MG). Se viajar para áreas de risco, vacinar contra Febre Amarela 10 (dez) dias antes da viagem.


Fonte: http://atituderimacomsaude.com.br/cmi/pagina.aspx?233,1,235 e http://www.soperj.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário