sexta-feira, 25 de maio de 2012

Enquete sobre a Medida Provisória 568/2012


Devido à grande repercussão sobre o manifesto dos médicos dos hospitais federais contra a Medida Provisória 568/2012, o HelpSaúde fez uma enquete com nossos prestadores cadastrados perguntando a opinião sobre a MP.

Esta por sua vez reduz o salário dos médicos servidores federais pela metade. Porém, cria a Vantagem Pessoal Nominalmente Identificada (VPNI), que compensa a diferença entre os salários anteriores e cria uma nova tabela. A VPNI terá um valor fixo e descontará reajustes regulares e adicionais de progressão. Assim, afetaria inclusive aposentados e pensionistas.

As respostas dos prestadores de saúde que participaram da nossa enquete foram contra a MP por diversos motivos. O sentimento de reprovação foi praticamente unânime entre os comentários. Os motivos variam. Entre eles está o possível aumento da dificuldade de atrair médicos para a rede pública, sendo um problema já presente; a possível desqualificação da profissão; sentimento de injustiça quanto ao aumento dos salários para servidores públicos e a redução pela metade dos salários de médicos públicos; a importância de um médico público para a sociedade não ser reconhecida perante essa redução de salários.

Porém, há aqueles, entre a minoria, que dizem que a responsabilidade médica não está sendo bem exercida e por isso a redução do salário é indiferente.

Fonte: Editoria HelpSaúde.

Quer fazer parte do nosso blog? Envie um artigo para artigos@helpsaude.com.

DISCLAIMER: Todo e qualquer conteúdo apresentado nas páginas do Blog do HelpSaúde tem caráter estritamente informativo e educacional, e de nenhuma maneira substitui as informações ou apreciações de especialistas das respectivas áreas de interesse aqui apresentadas. O conteúdo de posts escritos por prestadores de saúde cadastrados no HelpSaúde são de responsabilidade do autor, logo a HelpSaude Brazil SA, proprietária do Blog (blog.helpsaude.com) e do Site (www.helpsaude.com) se exime de qualquer encargo ou obrigação.

Um comentário:

  1. OK.Vamos à luta para garantir nossos direitos.A lei que regulamenta a profissão médica é de 1964!

    ResponderExcluir