segunda-feira, 15 de julho de 2013

Estudo revela: adoçantes causam os mesmos malefícios que o açúcar

O adoçante sempre foi considerado um grande aliado nas dietas de baixa caloria, tanto o adoçante líquido, ou em pó, quanto o que já é usado em refrigerantes ou demais bebidas e doces diet. Para se perder peso, é melhor cortar o açúcar, ingerir só bebidas adoçadas com sacarina ou ciclamato de sódio, certo? Errado. É o que comprovou uma revisão de estudos publicada recentemente, na revista “Trends in Endocrinology & Metabolism”.

O estudo demonstra que o adoçante é um vilão tão poderoso quanto o açúcar: seu consumo também favorece o desenvolvimento de diabetes do tipo 2, obesidade e problemas metabólicos. Os malefícios causados parecem estar relacionados ao consumo de grandes doses do adoçante, pois, à longo prazo, a ingestão em larga quantidade confunde o organismo. Funciona assim: o corpo associa a entrada de alimentos doces à entrada de calorias, e se prepara para queimá-las. Quando se consome coisas doces, mas com elas não há a ingestão de calorias - e isso é feito ao longo de anos - o organismo passa a não fazer mais essa associação e a conservar energia, ao invés de gastá-la. Ou seja, o organismo fica avarento, guarda a energia e com isso ganhamos peso.

Se o adoçante for consumido com moderação, em pequenas doses, essa associação natural que nosso organismo faz, não é normalmente desfeita. O problema ocorre quando adoçantes, alimentos e bebidas adoçadas artificialmente são consumidos em largas quantidades, sem moderação. Além disso, adoçantes artificiais não são, como o nome já diz, naturais, e a química presente neles, pode interferir mais com o funcionamento das células, do que o açúcar interfere.

A solução?

Para alguém que não pode consumir açúcar e as calorias que ele traz, o ideal é fugir de adoçantes a base de sacarina ou ciclamato de sódio. Procure comprar adoçantes a base de sucralose ou stevia, uma planta que é 10 a 15 vezes mais doce que o açúcar doméstico normal. Eles são mais caros que os adoçantes normais, contudo, dado o que o estudo apontou, o investimento parece valer a pena. Mas atenção: é importante ler o rótulo antes de comprar, pois até estes adoçantes artificiais muitas vezes são misturados a ciclamato, sacarina ou sorbitol – substâncias citadas pelo estudo como sendo perigosas - para baratear o custo do produto.

Quer perder peso ou fazer alguma dieta específica? O ideal é procurar um nutricionista, um médico endocrinologista ou nutrólogo e marcar uma consulta.

Fonte: O Globo


DISCLAIMER: Todo e qualquer conteúdo apresentado nas páginas do Blog do HelpSaúde tem caráter estritamente informativo e educacional, e de nenhuma maneira substitui as informações ou apreciações de especialistas das respectivas áreas de interesse aqui apresentadas. O conteúdo de posts escritos por prestadores de saúde cadastrados no HelpSaúde são de responsabilidade do autor, logo a HelpSaude Brazil SA, proprietária do Blog (blog.helpsaude.com) e do Site (www.helpsaude.com) se exime de qualquer encargo ou obrigação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário