terça-feira, 20 de julho de 2010

Gel Vaginal reduz risco de contaminação por HIV

De acordo com um estudo apresentado esta semana na Conferência Internacional de AIDS em Vienna, um gel vaginal pode diminuir em mais de 50% o risco de infecção pelo vírus HIV, se aplicado consistentemente antes e depois do ato sexual.

O gel contém “tenovir”, uma droga usada no tratamento da Aids.

Segundo Dr. Salim S. Abdool Karim, co-autor da pesquisa, se a população geral usasse o gel da mesma maneira como se foi observado no estudo, o gel poderia evitar 1,3 milhões de infecções nos próximos 20 anos.

Os resultados são bastante animadores porém o Gel ainda precisa ser mais estudado e passar pelo processo de aprovação. É esperado que o produto só estará disponível no mercado em 1 ou 2 anos.

Mulheres representam a maioria dos novos casos de infecção por HIV no mundo todo e com isso existe a necessidade urgente de um método para que elas possam proteger-se da infecção. O estudo também constatou que os microbicidas reduziu significantemente o risco de transmissão do herpes genital [HSV-2], que é mais um facilitador da transmissão do HIV.

Se você está preocupado com a possibilidade de ter contraido uma doença infecciosa procure um médico agora mesmo. No Help Saúde você encontra um profissional perto de você.

Fonte: HealthDay.com

Um comentário:

  1. Olá, blogueiro!

    A melhor prevenção é a informação e usando a camisinha, todos curtem melhor a vida e sem preocupação. Ajude a divulgar informações e conscientizar mais pessoas sobre as formas de contágio e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, como o vírus HIV. Conheça algumas das atuais campanhas contra o preconceito e de prevenção a DSTs do Ministério da Saúde. Ajude-nos a divulgá-las. Vamos juntos conscientizar um número maior de pessoas.
    Camisinha. Com amor, paixão ou só sexo mesmo. Use sempre.
    Para mais informações: comunicacao@saude.gov.br, www.aids.gov.br ou www.formspring.me/minsaude .
    Atenciosamente,
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir