Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Aspirina diária reduz risco de morte por câncer, diz estudo

Uma pequena dose diária de aspirina é capaz de reduzir substancialmente o risco de morte por uma série de tipos de câncer, segundo sugere um estudo britânico. A pesquisa coordenada pela Universidade de Oxford verificou que uma dose diária de 75 mg reduziu em até 20% a chance de morte por câncer. O estudo, publicado na última edição da revista científica The Lancet, analisou dados de cerca de 25 mil pacientes, a maioria deles da Grã-Bretanha. Especialistas dizem que os resultados mostram que os benefícios da aspirina comumente compensam os riscos associados, como aumento da possibilidade de sangramentos ou irritação do sistema digestivo. Outros estudos já haviam associado a aspirina à redução dos riscos de ataques cardíacos ou de derrames entre as pessoas nos grupos de risco. Mas acredita-se que os efeitos de proteção contra doenças cardiovasculares sejam pequenos entre adultos saudáveis. Também há um risco maior de sangramentos no estômago e no intestino. Porém a pesqui

Apneia pode levar homens mais vezes ao banheiro durante a noite

Especialistas defendem que médicos devem ter isso em conta se o paciente relata que acorda muito para ir ao banheiro Um estudo israelense mostrou que a apneia pode ser a causa oculta que interrompe o sono masculino para ir ao banheiro ao longo da noite. A pesquisa comparou dois grupos de homens, entre os 55 e os 75 anos de idade. O primeiro, com diagnóstico de hiperplasia benigna de próstata (HBP) e pelo menos um episódio de urinação noturna, e o grupo controle, sem diagnóstico do problema e com um ou nenhum episódio de urinação durante a noite. Os pesquisadores israelenses constataram que 57,8% dos homens do primeiro grupo poderiam sofrer de apnéia obstrutiva do sono, possível causa das interrupções que, até então, acreditava-se serem causadas pela noctúria – necessidade de esvaziar a bexiga durante o sono. Roncos, sonolência diurna e pausas na respiração – que acabam acordando o indivíduo – são as principais características da apneia obstrutiva do sono. Conduzido na Ben-

Dia Mundial de Luta Contra a Tuberculose

O Brasil reduziu de 73.673 para 70.601 o número de casos novos de tuberculose entre 2008 e 2010 – o que representa 3 mil casos novos a menos no período. Com a redução, a taxa de incidência (número de pacientes por 100 mil habitantes) baixou de 38,82 para 37,99. São números positivos, mas que ainda fazem da tuberculose um dos principais problemas de saúde pública do Brasil, exigindo esforços para acelerar a diminuição do número de novos casos. No país, a tuberculose é a terceira causa de óbitos por doenças infecciosas e a primeira entre pacientes com aids. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (24), em Brasília, pelo secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, por ocasião do Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose. Atualmente, o Brasil ocupa o 19º lugar no ranking dos 22 países que concentram 80% dos casos em todo o mundo. Nesta lista, quanto mais elevada é a posição ocupada pelo país, melhor é a situação. Com relação à incidência, o Brasil é o 108º colocado. “Nós acre

22 de Março - Dia Mundial da Água

O Dia Mundial da Água foi criado no dia 22 de Março de 1993 pela Assembléia Geral da ONU e a cada ano se comemora este dia, que tem como intuito conscientizar os cidadãos da importância deste elemento, através de atividades concretas que promovam a conscientização pública, difusão de documentários e a organização de conferências, mesas redondas, seminários e exposições relacionadas à conservação e desenvolvimento dos recursos hídricos proposta pela Agenda 21, durante a ECO 92. A água não é apenas um recurso, mas aquilo que nos sustenta em diversos aspectos e principalmente como seres vivos. A água é essencial em todos os aspectos de nossa vida, principalmente se tratando de saúde. Elemento básico para manutenção e sustentação de nosso corpo, representando cerca de 60% do peso de um adulto, a água é o principal componente das células e por isso todas as nossas reações químicas internas dependem dela. A água também é essencial para transportar alimentos, oxigênio e sais minerais, al

Paralisação Nacional dos Médicos – 7 de abril

No próximo dia 7 de abril, quinta-feira, acontece o Dia Nacional de Paralisação do Atendimento aos Planos de Saúde. A mobilização foi definida pelas entidades médicas nacionais (Associação Médica Brasileira, Conselho Federal de Medicina e Federação Nacional dos Médicos), em plenária realizada em São Paulo, com a participação de inúmeras entidades, conselhos, sindicatos, associações e sociedades de especialidades. São três diretrizes nacionais do movimento: organizar a luta por reajustes de honorários, tendo como balizador os valores da CBHPM/ Sexta Edição; exigir a regularização dos contratos entre operadoras e médicos, conforme a Resolução ANS Nº 71 / 2004; e promover ações no Congresso Nacional, visando a aprovação de projetos de lei que contemplem a relação entre médicos e planos de saúde. As entidades médicas encaminharam cartas à população, aos médicos e às entidades. Abaixo você pode ter acesso aos documentos. Carta às Entidades Médicas As entidades sugerem que as Comissões

Refrigerantes podem aumentar pressão arterial, diz estudo

O consumo de refrigerantes e outras bebidas com grande quantidade de açúcar traz risco de aumento da pressão arterial, segundo afirma um estudo realizado por especialistas americanos e britânicos. A pesquisa, feita com 2,5 mil pessoas e publicada na revista científica Hypertension, afirma que beber mais de 355 ml diários de bebidas com gás ou sucos de fruta contendo açúcar é o suficiente para desequilibrar a pressão. Embora o motivo exato desta relação entre pressão e refrigerantes ainda não seja clara, os cientistas acreditam que o excesso de açúcar no sangue prejudica o tônus das veias sanguíneas e desequilibra os níveis de sal no organismo. Na pesquisa, os participantes - todos americanos e britânicos, com idades entre 40 e 59 anos - anotaram o que haviam comido nas 24 horas anteriores e fizeram um exame de urina, além de terem medida a sua pressão arterial. De acordo com a pesquisa, para cada lata de bebida com açúcar consumida por dia, os participantes tinham em média uma alta

Odontologia do Trabalho

A Odontologia do Trabalho tem por objetivo assegurar a melhoria da saúde oral dos trabalhadores, o diagnóstico precoce de doenças orais decorrentes do trabalho, além da manutenção da saúde oral dos profissionais da empresa, evitando prejuízos maiores ao trabalhador e à própria instituição. Atribuições do Cirurgião Dentista do Trabalho segundo o Art. 3°da Resolução CFO 25/2002: Identificação, avaliação e vigilância dos fatores ambientais que possam constituir risco à saúde bucal no local de trabalho, em qualquer das fases do processo de produção; Assessoramento técnico e atenção em matéria de saúde, de segurança, de ergonomia e de higiene no trabalho, assim como em matéria de equipamentos de proteção individual, entendendo-se inserido na equipe interdisciplinar de saúde do trabalho operante; Planejamento e implantação de campanhas e programas de duração permanente para educação dos trabalhadores quanto a acidentes de trabalho, doenças ocupacionais e educação em saúde;

Brasileira está usando menos camisinha, segundo Ibope

Pouco mais de metade dos brasileiros adultos usa camisinha em novos relacionamentos, e a proporção de mulheres que se protegem vem caindo. Os números são de uma pesquisa divulgada ontem pelo Ibope Mídia, que entrevistou 18.884 pessoas em nove regiões metropolitanas e no interior de Estados do Sul e do Sudeste, entre agosto de 2009 e julho de 2010. "Em 2002, 60% das mulheres declaravam usar camisinha em novos relacionamentos", afirma Dora Câmara, diretora do instituto. Em 2010, apenas 49%. Para Antonio Carlos Lopes, presidente da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, a menor presença das campanhas contra a Aids na mídia tem levado à queda no número dos que usam camisinha. "A tendência das pessoas é relaxar na prevenção." A pesquisa, com questões sobre saúde, alimentação e consumo, mostra que 62% das pessoas só vão ao médico quando estão doentes. Esse percentual é maior entre os homens (64%). "No Sistema Único de Saúde, a pessoa só vai mesmo

Mulheres que fumam na pós-menopausa têm mais risco de câncer

Dois estudos publicados nesta quarta-feira reforçaram os riscos e benefícios do estilo de vida no combate ao câncer, demonstrando os riscos do tabagismo para mulheres na pós-menopausa e os efeitos protetores dos exercícios no intestino. As mulheres na pós-menopausa que fumam ou costumavam fumar correm um risco até 16% maior de desenvolver câncer de mama em comparação com mulheres que nunca fumaram, destacou um artigo publicado na edição on-line do "BMJ" (British Medical Journal). As mulheres que foram extensivamente expostas ao fumo passivo, tanto na infância quanto na idade adulta, também podem correr mais riscos de desenvolver câncer de mama, acrescentaram. No entanto, este risco aparente não se aplica a mulheres expostas moderadamente ao fumo passivo. O estudo foi realizado com quase 80 mil mulheres americanas com idades entre 50 e 79 anos e que foram acompanhadas por 10 anos. Uma pesquisa separada publicada pelo "British Journal of Cancer" demonstrou q

Beijo: durante a folia de carnaval, fique atento com a sífilis

Além de correr atrás dos trios elétricos e dançar bastante durante os cinco dias de carnaval, tem gente que aproveita a folia pra beijar muito na boca. Só que os foliões devem ficar atentos com as doenças que podem ser adquiridas pelo beijo, entre elas a sífilis. Mais conhecida como uma doença sexualmente transmissível, a sífilis também pode ser passada através da saliva. Isso porque no segundo estágio da doença surgem pequenas feridas na boca. O assessor técnico do programa nacional de DST/Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Valdir Pinto, explica que a transmissão da doença pelo beijo depende da fase da doença. “É preciso saber o seguinte: a ferida não vai estar do lado de fora da boca. É uma ferida pequena, que pode estar na parte interior dos lábios. Então, qualquer um pode pegar sífilis sem nem se dar conta do risco. Mas é importante ressaltar que só passa pelo beijo se a ferida estiver na boca. Caso esteja no pênis ou na vagina não irá passar pelo beijo, mas pode