terça-feira, 3 de maio de 2011

03 de Maio – Dia Mundial da Asma

A Asma é uma conhecida doença respiratória que muitas pessoas associam com a infância, mas não são apenas as crianças que sofrem desse mal. Ela pode começar a se manifestar nessa fase e melhorar ou se intensificar na vida adulta. Neste dia Mundial da Asma o blog do Help Saúde vai explicar sobre essa doença e contar seus os mitos e verdades.

Verdades:

- O que é a asma?

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas. Em indivíduos com pré-disposição genética esta inflamação causa episódios recorrentes de tosse, chiado, aperto no peito, e dificuldade para respirar. A inflamação torna as vias aéreas sensíveis a estímulos tais como alérgenos, irritantes químicos, fumaça de cigarro, ar frio ou exercícios.Quando expostos a estes estímulos, as vias aéreas ficam edemaciadas (inchadas), estreitas, cheias de muco e excessivamente sensíveis aos estímulos.

- O que desencadeia a asma?

As principais causa associadas a doença são à poluição do ar, poeira doméstica, ácaros, mofo, pêlos de animais e alimentos.

- Quais são seus sintomas?

Tosse seca persistente (principalmente a noite), sibilância (chiado no peito), respiração mais rápida do que o normal , falta de ar , cansaço físico e sensação de aperto ou dor no peito.

- Como tratar?

A conscientização do paciente é um fator importante para a melhora da qualidade de sua vida e para evitar as crises graves que podem até levar a morte. Todo paciente bem orientado e corretamente medicado deve dispor de dois tipos de medicamento: um para ser usado nos momento da crise (medicamento de alívio), e outro para evitá-la (medicamento de manutenção). O tratamento ideal deve ser estabelecido pelo médico. Os remédio mais comuns são os antiinflamatórios. Dentre estes, os corticóides inalatórios são o tratamento de escolha para o tratamento da asma. O uso regular dos corticóides inalatórios diminui em longo prazo, a inflamação dos brônquios, o que leva a uma melhora geral da doença.

- Tem cura?

Ainda não existe cura, mas os cuidados através de remédios e nebulizações podem melhorar muito a qualidade de vida do asmático.

Mitos:

Quem tem asma não pode praticar esportes. Mito. Os esforços físicos não pioram a asma, se o asmático estiver usando corretamente seus remédios não há nada que impeça a atividade física de ser realizada.

Bombinhas viciam. Mito. As bombinhas são apenas a forma como os medicamentos estão disponíveis. Dentro de uma bombinha podemos encontrar os corticóides, broncodilatadores ou a combinação deles. O que mata é a asma fora de controle.

O uso de corticóides inalatórios engorda. Mito. Existem muito mais benefícios do que riscos com o uso diário dos corticóides inalatórios que promovem o controle da asma, a redução das crises e a melhor qualidade de vida.

Broncodilatadores não fazem mal à saúde. Mito. O que faz mal é a asma sem controle quando então se usa broncodilatador em excesso, podendo não acontecer a melhora esperada dos sintomas. Por isso, caso não ocorra o alívio esperado dos sintomas com os broncodilatadores, procure o atendimento de emergência.

O blog do Help Saúde aconselha a sempre procurar um médico especializado e seguir as orientações de um profissional da saúde.

Fonte: Editoria Help Saúde


Temas relacionados no Help Saúde: Pneumologista

Quer fazer parte do nosso blog? Envie um artigo para artigos@helpsaude.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário