terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Adiar o Sexo pode Fortalecer o Casamento

Estudo feito na Universidade Brigham Young, em Utah revelou que adiar o sexo melhora a comunicação e estabilidade do relacionamento.

Pesquisadores descobriram que casais que demoraram a ter relações sexuais durante o namoro se comunicam melhor, dão mais valor ao sexo e vêem seu casamento mais estável do que os casais que não fizeram isto.

Mas por que a intimidade pode interferir na felicidade conjugal?

De acordo com o co-autor do estudo Dean M. Busby, as pessoas que se tornam íntimas rapidamente acabam se casando mesmo sendo incompatíveis. Elas sentem-se “presas” e muito envolvidas no relacionamento. Busby comenta que as pessoas sempre falam, “Eu já investi quatro ou cinco anos neste relacionamento" ou "Nós compramos uma casa juntos'", e a relação se torna muito complicada para sair.

Com o intuito de descobrir o impacto do sexo na relação o estudo dividiu os 2035 participantes em três grupos: aqueles que fizeram sexo no mês que se conheceram (776), aqueles que fizeram sexo depois do primeiro mês, mas antes de dois anos de relacionamento (923) e os que esperaram para fazer sexo depois do casamento (336).

A pesquisa revelou que há uma crença generalizada de que é importante ter relações sexuais antes do casamento para ver se existe "química sexual" entre o casal. No entanto ao contrário desta crença, os casais que esperaram até o casamento para ter relações sexuais foram os que tiveram os resultados mais positivos. Estes participantes tinham mais estabilidade no relacionamento, estavam mais satisfeito em relação ao companheiro e relataram ter melhor qualidade na vida sexual e na comunicação.

Apesar destes fatos, Busby explica que o sexo no início do relacionamento não significa que o casamento esteja condenado. O relacionamento é composto por vários fatores e envolve a personalidade e as expectativas de ambos parceiros.

Outro fator interessante é o passado sexual dos parceiros. De acordo com Mark Regnerus, professor assistente de sociologia na Universidade do Texas, cônjuges com muitas lembranças de outros parceiros sexuais podem encontrar uma barreira quanto a sua satisfação. Isto não acontece com pessoas que não tiveram outras experiências , pois não existem tantas expectativas.

A principal mensagem deste estudo é que o sexo é uma experiência poderosa e que realmente liga uns ao outros. Por este motivo, antes de tomar qualquer decisão sobre o seu relacionamento é preciso conversar e analisar outros aspectos da vida em casal.

Fonte: HealthDay

Nenhum comentário:

Postar um comentário