quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Perca peso anotando tudo que você come


Segundo especialistas, a caneta pode substituir a balança na dieta. Ao invés de você se pesar incansavelmente e comemorar cada grama perdida, o ideal é fazer um diário anotando tudo o que você come durante o dia. Refeições, snacks, sucos, tudo! Segundo o Dr. Christopher J. Mosunic, especialista em diabetes e controle de peso no Greenwich Hospital, ter o hábito de registrar tudo que você ingere é muito eficaz para emagrecer, pois desta maneira se tem a consciência do que realmente está sendo ingerido.

Segundo o Dr Mosunic., ele pode dividir seus pacientes em 2 grupos: aqueles que têm um diário alimetar e aqueles que não têm. Os pacientes que anotam o que comem tem bastante sucesso em suas dietas e normalmente visitam o Dr Christopher por apenas 12 semanas. Já o grupo que não faz as anotações muitas vezes continua visitando o médico por anos. O primeiro grupo consegue alcançar seu objetivo de forma mais eficaz, pois estão dispostos a reconhecer cada alimento que foi consumido, deixando claro quantas calorias ingeriram por dia.

Este método também ajuda os nutricionistas a orientarem os pacientes da melhor maneira, apontando o que está certo ou errado na dieta. É também uma maneira para os profissionais facilmente identificarem o comportamento alimentar de seus pacientes, podendo reconhecer por exemplo se a pessoa tem compulsão alimentar. Observando algo simples como o que foi ingerido no café da manhã, pode explicar o motivo da glicose no sangue estar baixa e consequentemente explica a compulsão ocorrida na parte da tarde.

É importante escrever no diário cada alimento ingerido, mesmo que pouquinho. Aliando esta prática com o acompanhamento de um médico especializado é certamente uma maneira de perder peso com mais facilidade.

Se você quer perder peso, converse com seu nutricionista, nutrólogo ou endocrinologista e comece 2011 em forma.

Aliás, você sabe a diferença entre um nutricionista e um nutrólogo?
O nutrólogo é um profissional formado em medicina e especialização em nutrologia. Este profissional é capaz de avaliar carências de nutrientes, tratar de doenças provocadas pela alimentação inadequada, além de tratar de obesidade. Já o nutricionista é especializado em criar cardápios balanceados. Eles não podem receitar remédios e suas dietas são formuladas a partir do histórico e hábitos de cada paciente.

Fontes: Conselho Federal de Nutricionistas, Associação Brasileira de Nutrologia e HealthDay.

Nenhum comentário:

Postar um comentário