terça-feira, 18 de outubro de 2011

O Verdadeiro Médico

O verdadeiro médico, não é apenas aquele que obteve ótimas notas durante o curso de medicina, mas sim aquele que, além disso, fez o curso médico pensando em servir aos seus semelhantes. O médico que pretende exercer regularmente a sua profissão, muitas vezes não tem o direito de terminar uma refeição, de escolher hora, nem perguntar se o paciente mora longe ou perto, quando ele lhe chama ou quando um aflito lhe bate à porta.

Aquele que não socorre um doente por estar com visitas em sua casa, ou por ter trabalhado muito durante o dia, ou por ser altas horas da noite, ficar longe ou no morro e quando o paciente não pode pagar a consulta e diz-lhe para procurar outro médico: esse é negociante de medicina, trabalha somente para recolher capital. Esse é um desventurado que manda para o outro o anjo da caridade, que lhe veio fazer uma visita e lhe trazia a única espórtula que podia saciar a sede de riqueza moral, a única que jamais se perderá nos anoiteceres e nos amanheceres da vida.

O verdadeiro médico é aquele que atende o rico e o pobre com a mesma atenção, com a mesma vontade de curar e servir. ´E aquele que muitas vezes tem que penetrar no íntimo dos problemas familiares, porque pode estar ali a causa da doença, neste caso tem que se transformar num sacerdote ou num conselheiro para ajudar a resolver os problemas particulares de seus pacientes.

Este é o verdadeiro médico que cumpre o juramento feito no dia de sua formatura, que Hipócrates escreveu há mais de dois mil anos.


Fonte: Dr. José Umbelino de Morais. CRM: MG8953

Médico Endocrinologista cadastrado no Help Saúde.

Quer fazer parte do nosso blog? Envie um artigo para artigos@helpsaude.com.

Um comentário:

  1. Eu incluiria em todos estes atributos do verdadeiro médico, aquele que vê e enxerga no ser humano uma alma encarnada e tem a mente suficientemente aberta para perceber que cada ser tem um espírito em diferentes graus de evolução. Luís Eduardo Zamprogna.

    ResponderExcluir