terça-feira, 25 de outubro de 2011

Ronco tem Tratamento?

O ronco é uma manifestação do organismo frente à dificuldade respiratória que ocorre durante o sono, sendo causado pela vibração dos tecidos posteriores da garganta, resultando em maior resistência das vias aéreas à passagem do ar. A obstrução total das vias aéreas provoca o que chamamos de apnéia, que consiste na parada momentânea da respiração, podendo ocorrer diversas vezes durante uma noite de sono, provocando prejuízos ao organismo como sonolência, cansaço diurnos, diminuição de concentração, envelhecimento precoce, desenvolvimento de doenças degenerativas como o Mal de Parkinson, arritmias cardíacas e hipertensão arterial com suas consequências como infarto do miocárdio, insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral e formação de aneurismas vasculares. A apnéia obstrutiva do sono ocorre, principalmente, em pessoas com hipotireoidismo, sobrepeso, mulheres na menopausa e em indivíduos que dormem de barriga para cima e que consomem bebidas alcoólicas no período da noite.

O tratamento do ronco e da apnéia é multidisciplinar. O dentista dedicado à área do sono pode atuar de forma decisiva indicando um aparelho intra-oral (dentro da boca) eficiente e com alto índice de aceitação, que reposiciona a mandíbula, impedindo o colapso dos tecidos da garganta e proporcionando melhora da passagem de ar com diminuição do ronco e dos episódios de apnéia. O restabelecimento do sono fisiológico com minimização de roncos e apnéias proporcionam descanso restaurador, disposição melhorada às atividades diárias, melhor qualidade de vida e prevenção de doenças potencialmente graves.


Fonte: Juliana Zanettini. CRO: RJ CD 18277

Cirurgião Dentista cadastrada no Help Saúde.


Quer fazer parte do nosso blog? Envie um artigo para artigos@helpsaude.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário