Pular para o conteúdo principal

Dia do Farmacêutico - 20 de Janeiro

ORIGEM DA DATA

Essa data foi escolhida porque em 20 de janeiro de 1916 foi fundada a Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF), no Rio de Janeiro. Em 03 de novembro de 2010, o Senado Federal aprovou o Projeto de Lei PLC 145/08, instituindo oficialmente o DIA NACIONAL DO FARMACÊUTICO NO BRASIL.

O FARMACÊUTICO

Você sabe quem é o responsável pelo sabonete, shampoo, filtro solar, cosmésticos em geral ou pelo medicamento receitado pelo seu médico?

- O Farmacêutico!

Pode conferir. Leia na embalagem do produto: sempre há um "farmacêutico responsável".

Este é o profissional da saúde que atua nas seguintes grandes áreas: do Medicamento, das Análises Clínicas e do Alimento, no âmbito técnico e social. Sempre com o dever de exercer a profissão com ética dentro de uma política de saúde que atenda às reais necessidades locais.

São profissionais que identificam e manipulam substâncias químicas para a produção de medicamentos e cosméticos. Colaboram também na produção e na conservação industrial de alimentos, comuns ou dietéticos, campo que vem sendo ocupado cada vez mais por bioquímicos ou farmacêuticos bioquímicos.

O Farmacêutico atua em todos os níveis da atenção à saúde, está capacitado para atuar na saúde pública e no âmbito do SUS, possuindo, além das competências técnicas, habilidades para resolver problemas e tomar decisões e de ser um profissional humano e ético.

QUEM TEM VOCAÇÃO PARA A FARMÁCIA?


Para ser um bom farmacêutico é importante ser minucioso e possuir algumas características tais como: ser detalhista, ter boa visão e olfato, capacidade de concentração, curiosidade, espírito de investigação e pesquisa, facilidade para lidar com a matemática, habilidade manual, interesse por matemática, gosto pela ciência, entre outros.

PRINCIPAIS ATIVIDADES

  • Pesquisar, preparar, distribuir e comercializar remédios, cosméticos e produtos de higiene pessoal.
  • Investigar, examinar e testar substâncias e princípios ativos que entram na composição de remédios e em produtos higiênicos e de perfumaria.
  • Observar as reações que substâncias e princípios ativos provocam no organismo;
  • Registrar novas drogas.
  • Verificar se os produtos que chegam ao consumidor estão dentro das normas sanitárias;
  • Controlar a qualidade das matérias-primas e do produto final na Indústria Alimentícia;
  • Estudar como evitar e adulterações e falsificações.
  • Atuar em farmácias, distribuindo medicamentos e preparando fórmulas personalizadas em farmácias de manipulação.

PAPEL DE IMPORTANTE NO NOSSO DIA-A-DIA

O farmacêutico age em áreas importantes na nossa vida, que às vezes não temos conhecimento que há a atuação de um farmacêutico, tais como:

Alimentos - é responsável pela realização de exames químicos e microbiológicos para análises nutricionais;

Análises Clínicas – testes para diagnósticos clínicos, desenvolver kits de exames laboratoriais;

Análises Toxicológicas – Exames em substâncias humanas, animais, vegetais, em ambientes a fim de detectar contaminação por agentes tóxicos (drogas, medicamentos ou substâncias em geral;

Farmácia – Preparar medicamentos (manipulados) e controlar a distribuição de remédios;

Farmácia Industrial – Produção de medicamentos, vacinas, cosméticos e produtos de higiene pessoal;

Medicamentos – Pesquisar a descoberta de novos medicamentos;

Vigilância Sanitária – analisa e controla produtos industrializados.

CURSO DE FARMÁCIA

0 Curso Superior em Farmácia Bioquímica tem a duração de 04 anos. Atualmente os principais assuntos abordados pelos cursos são: Medicamentos (desenvolvimento, tecnologia e controle de fármacos), Diagnóstico Clínico e ainda Aspectos Sociológicos, Econômicos e Culturais do Consumo e da Produção de Medicamentos.

Outra linha de pesquisa também existente está voltada para a área de Medicamentos Fitoterápicos e Estudos Químicos de Ervas. Para a realização de cursos de pós-graduação na área de Farmácia é necessário que o aluno seja graduado em Farmácia e Bioquímica, Ciências Biológicas ou Químicas.

DÚVIDAS SOBRE O MEDICAMENTO PRESCRITO PELO MÉDICO?

Se você tiver em dúvidas sobre o medicamento prescrito pelo seu médico, quiser usar o genérico, não tenha dúvidas: toda farmácia tem um FARMACÊUTICO RESPONSÁVEL.

Não hesite em chamá-lo.

Fonte: Editoria HelpSaúde.
Quer fazer parte do nosso blog? Envie um artigo para artigos@helpsaude.com.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mitos e verdades sobre a friagem e o golpe de ar

Leva o casaco! O inverno está chegando, e com ele alergias, gripes e outras doenças respiratórias. Essa estação do ano também trás a famigerada friagem, e as mães e avós ficam em polvorosa recomendando casaquinhos e agasalhos. Mas será que o tal golpe de ar, que ocorre quando saímos de um banho quente, quando abrimos a geladeira, quando bate um vento, e em vários outros momentos, realmente faz mal para saúde? É inegável que muitas pessoas associam friagem e golpes de ar à maior incidência de gripes. Afinal, no inverno, gripes e resfriados são sim mais comuns.  Diversos estudos já foram feitos, desde 1950, para avaliar essa correlação e nenhum desses jamais comprovou essa teoria. Eles indicam que a friagem e golpes de ar não têm influência sobre o desenvolvimento de tais doenças, que isso é uma crendice. Na verdade, gripes, resfriados e infecções respiratórias são doenças infecciosas, provocadas por micróbios que se alojam no aparelho respiratório e causam tosses, espirros, cor

A riqueza do conhecimento compartilhado na prática médica moderna

Vamos discorrer sobre termos essenciais para a Gestão do Conhecimento (GC). Derivando definições da área de Informática, podemos afirmar que dado é sequência de símbolos quantificados ou quantificáveis. Portanto, um texto é um dado. De fato, as letras são símbolos quantificados, já que o alfabeto por si só constitui uma base numérica. De forma semelhante, sons e imagens também são dados. A partir do momento em que os dados podem ser organizados de forma lógica e inteligível, podemos chamá-los de informação. Quando a informação pode ser aplicada a qualquer situação em que seja necessária uma tomada de decisão, nós temos o conhecimento. Em outras palavras, conhecimento é a informação útil ou aquela que carrega um propósito. O conhecimento médico sempre foi uma combinação entre arte e ciência, sendo tradicionalmente relegado a pesquisadores a busca pelos avanços e, aos médicos praticantes, a arte de aplicar o conhecimento e se relacionar com o paciente. Entretanto, em nosso tempo,

Malformações Vasculares do Cérebro

1. Introdução As malformações vasculares cerebrais são anomalias na formação dos vasos sanguíneos do cérebro e que podem levar a acidentes vasculares ou epilepsia.  2. Classificação em tipos Os diversos tipos de malformações vasculares cerebrais apresentam diferentes quadros clinicos, ou seja, sintomas e sinais de sua existência, assim como características típicas em exames de imagens, como ressonância magnética cerebral. Devem, portanto, ser analisadas separadamente. A classificação mais usada na literature médica divide as malformações vasculares cerebrais em quatro tipos: • Malformações artério-venosas ou mais conhecidas como MAV. • As malformações cavernosas cerebrais ou cavernomas (ou, também chamados angiomas cavernosos). • As malformações venosas (ou angiomas venosos). • As telangiectasias. 2.1. Malformações artériovenosas cerebrais (MAVs) Embora não seja o tipo mais comum de malformação vascular do cérebro, pode manifestar-se em pacientes jovens, sendo causa