Pular para o conteúdo principal

Dia Pan-Americano de Saúde - 2 de Dezembro

No dia 2 de dezembro é comemorado o Dia Pan- Americano da Saúde (instituído pelo Decreto Federal nº 8.289 de 02/12/1941). É uma data que mobiliza o continente em torno de campanhas educativas e preventivas em busca de qualidade de vida e bem-estar, objetivando alertar a população para a importância de cuidar da saúde no dia-a-dia, de uma forma saudável, comendo bons alimentos, praticando esportes, mantendo a vacinação em dia.

MANTER SUA SAÚDE: UM DIREITO E DEVER DO CIDADÃO

A data é sempre um desafio, porque o avanço no setor da saúde que é uma questão prioritária para todos, passa pelo delicado aspecto da distribuição de renda e divisão dos recursos orçamentários, já que a grande maioria dos países panamericanos ainda são precários.

Isso significa o usufruto de benefícios sociais básicos, tais como moradia, alimentação, educação e infraestrutura de saúde, ainda é profundamente injusto.

São realizadas muitas ações e as principais são as recomendações em evitar doenças como: Aids, dependência química, exames de prevenção de câncer de mama e próstata entre outras.

Uma vida saudável é ficar longe de qualquer vício como: cigarro, bebidas ou drogas, pois o vício faz com que as pessoas não tenham uma boa saúde e uma vida longa.

Incentivar a pratica de exercícios físicos, com o auxílio de uma boa alimentação, faz com que a pessoa tenha mais disposição e energia no dia-a-dia.

Mudar hábitos em defesa de sua saúde é evitar males que a podem atingir e faz com que você viva mais feliz e por muito mais tempo.

ALGUMAS AÇÕES PELA SUA SAÚDE

- Cobrar do serviço público saneamento na sua região procurando o Vereador que você votou e/ ou participar da Associação de Moradores da sua comunidade, promovendo abaixo-assinados e afins;

- Manter a sua vacinação em dia, visitando o Posto de Saúde mais próximo a sua residência;

-Introduzir na sua alimentação um maior consumo de frutas, legumes e hortaliças;

-Evitar o consumo de alimentos industrializados;

-Evitar o uso de medicamentos de forma abusiva e desnecessária;

-Realizar o exame de HPV, o “papanicolau” periodicamente;

-Fazer exame de próstata com regularidade;

- Amamentar seu filho no mínimo por 6 meses ou até os 2 anos de idade;

- Prevenir a osteosporose;

- Evitar a ingestão de álcool;

-Não fumar ou participar de um grupo antitabagista (Procure o Posto de Saúde mais próximo);

-Praticar exercícios físicos frequentemente.

VACINAÇÃO NO BRASIL – UMA VITÓRIA

De Brasília, o Ministério da Saúde coordena a vacinação em todo o Brasil, além de ser o responsável pela produção ou compra e distribuição das vacinas utilizadas no Programa Nacional de Imunizações para os vinte e sete estados do país. A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) auxilia o Ministério da Saúde em várias dessas atividades.

Nos estados, os governos estaduais se encarregam de distribuir as vacinas pelos municípios e também coordenar as atividades de vacinação em todos eles. Por fim, as prefeituras se encarregam de vacinar a população nos postos de saúde. Todos atuam com dedicação para que a população fique protegida contra as doenças.

A maior vitória que o Brasil obteve nos últimos anos, e que deve ser constantemente relembrada e fomentada neste Dia Pan- Americano da Saúde é a erradicação de doenças através da vacinação.

Nosso país sofreu epidemias de varíola, febre amarela, poliomielite, sarampo e catapora. Na atualidade, o Brasil possui hoje um alto controle dessas doenças através de calendários obrigatórios de vacinação durante os primeiros meses e anos de vida das crianças. Essa estratégia contribuiu efetivamente para o controle dessas doenças no continente, através de ações educativas em escolas e bairros, para pais e educadores e principalmente através das campanhas nacionais de vacinação.

A ERRADICAÇÃO PARALISIA INFANTIL: RESULTADO DAS AÇÕES BRASILEIRAS E A ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DE SAÚDE.

A erradicação da poliomielite, conhecida como paralisia infantil, é o principal exemplo do sucesso das campanhas de vacinação de crianças. A pólio é uma doença letal causada por um vírus que atinge o sistema nervoso, ocasionando destruição dos neurônios motores e levando a criança à paralisia.

A Erradicação da Poliomielite foi registrada no Brasil pela OMS (Organização Mundial de Saúde), em 1994.

Fonte: Editoria HelpSaúde.
Quer fazer parte do nosso blog? Envie um artigo para artigos@helpsaude.com.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mitos e verdades sobre a friagem e o golpe de ar

Leva o casaco! O inverno está chegando, e com ele alergias, gripes e outras doenças respiratórias. Essa estação do ano também trás a famigerada friagem, e as mães e avós ficam em polvorosa recomendando casaquinhos e agasalhos. Mas será que o tal golpe de ar, que ocorre quando saímos de um banho quente, quando abrimos a geladeira, quando bate um vento, e em vários outros momentos, realmente faz mal para saúde? É inegável que muitas pessoas associam friagem e golpes de ar à maior incidência de gripes. Afinal, no inverno, gripes e resfriados são sim mais comuns.  Diversos estudos já foram feitos, desde 1950, para avaliar essa correlação e nenhum desses jamais comprovou essa teoria. Eles indicam que a friagem e golpes de ar não têm influência sobre o desenvolvimento de tais doenças, que isso é uma crendice. Na verdade, gripes, resfriados e infecções respiratórias são doenças infecciosas, provocadas por micróbios que se alojam no aparelho respiratório e causam tosses, espirros, cor

Estados Unidos questionam o pânico da H1N1

Com toda a movimentação da mídia, dos governos, previsões catastróficas e vacinas compradas às pressas, os americanos e outras nações começam a questionar se todo o movimento mundial em volta da Gripe H1N1 não traria mais malefícios para a sociedade do que a própria epidemia. Notícias como "A Gripe Suína já matou 600 pessoas nos EUA e já corresponde a 97% das novas infecções" assustam qualquer um, mas tomam nova perspectiva quando vemos que 36.000 pessoas morrem anualmente para a "gripe comum" (gripe sazonal). Medidas bem intencionadas podem ser exageradas às vezes, como um excesso de escolas fechadas, e tendem a espalhar o pânico na sociedade, alimentando um medo que não corresponde à gravidade da situação. Não que devamos abstrair dos cuidados, mas é melhor para todos quando damos o devido peso às situações. Os estadunidenses já passaram por várias situações de pânico da população que no final não se converteram em tragédias, como o medo do antraz, do bug do

Os Perigos escondidos nos Alimentos: Peixe-espada

Sabiam que pode ser perigoso consumir certos peixes? Médicos alertam sobre os danos que podem ser causados por metais pesados, presentes em grandes quantidades em alguns peixes.  O alerta serve especialmente para mulheres que estão grávidas ou planejando ficar. O Dr. Philip Landrigan, pediatra da escola de medicina de Mount Sinai, diz que nesse período, evitar peixes com muito mercúrio é uma prioridade. O peixe-espada contém níveis elevados de mercúrio, um metal que pode danificar fetos em desenvolvimento e até causar ataques cardíacos em adultos. No entanto, sabemos da importância de se comer peixes regularmente, para se obter a dose diária de omega-3, um ácido graxo que diminui a quantidade de colesterol ruim no sangue (LDL) e aumenta a do colesterol bom (HDL).  A solução? Comam peixes que não contêm grandes quantidades dessas substâncias nocivas, como o salmão, atum e truta e façam rotineiramente um check-up preventivo . Equipe HelpSaúde Fonte: Rodale DISCLAIMER: